Instituto Holcim promove encontro de lideranças em Pedro Leopoldo PDF

Com o intuito de formar o Comitê de Ação Participativa (CAP) em Pedro Leopoldo, o Instituto   e a LafargeHolcim promoveram, na última terça-feira (20), um encontro com 48 representantes dos poderes executivo e legislativo, empresários, líderes comunitários, imprensa e membros da sociedade civil.. Durante o encontro, foram trabalhados temas como a importância de conhecer e escutar o outro, o papel das lideranças no desenvolvimento do território, articulação com os poderes público e privado e o poder da atuação em grupo. A formação foi ministrada pelos consultores do Instituto Elos, parceiro do Instituto  na iniciativa.

O objetivo do Comitê de Ação Participativa é promover o desenvolvimento do território por meio  da construção coletiva e participativa de estratégias e ações. Dessa forma, o CAP irá trabalhar para beneficiar a comunidade com projetos nas áreas de políticas públicas, meio ambiente, desenvolvimento econômico e investimento privado.

O encontro de lideranças tem a função de reconhecer o potencial de cada participante e integrar, fortalecer e valorizar o grupo. A Supervisora de Relações Externas e Gestora Local do Instituto , Cynthia Ferraz , e a Gerente de Responsabilidade Social Corporativa e do Instituto, Madalena Cabral, apresentaram a proposta do CAP que visa construir e implementar coletivamente estratégias e ações que contribuam para o desenvolvimento do território.

"O Encontro de Lideranças marca o inicio da implementação do Comitê de Ação Participativa em Pedro Leopoldo. Nesse evento tivemos a participação dos três setores: poder público, empresas privadas e sociedade civil. O importante nesse momento foi apresentar a todos a proposta de trabalho doe da LafargeHolcim para que juntos possamos promover o desenvolvimento do território", afirma Cynthia Ferraz .

Segundo Márcia Lopes, coordenadora do projeto Recoa e representante de associações da cidade, buscar soluções de problemas em conjunto com o poder público e privado é inovador. “A busca do equilíbrio participativo de todos os setores do território de Pedro Leopoldo é muito importante, porque cada um tem a sua função e contribuição para o desenvolvimento sustentável do município”, destaca Márcia.

Para Flávia Cadete, secretária de Educação do município, a metodologia usada somada com a preocupação no desenvolvimento social da LafargeHolcim é o diferencial positivo do encontro. “O foco da LafargeHolcim é importante pois dá oportunidade à sociedade de crescer e batalhar por aquilo que deseja”, disse ela.

O Gerente de Suporte Corporativo na Fundação Cultural Dr. Pedro Leopoldo, José Maurício Viana, avalia que iniciativas como essa trazem benefícios para o município. “É muito positivo esse tipo de procedimento que a LafargeHolcim e empresas da região realizam. O município só tem a ganhar com essas medidas”, ressaltou ele.

O próximo passo para implementação do CAP de Pedro Leopoldo será a formação de líderes, que acontece entre os dias 9 e 11 de novembro. O objetivo é construir capacidades e empoderar os cidadãos para, posteriormente, definir um grupo entre doze e quinze  pessoas que serão os representantes da comunidade no CAP.